Letras de Músicas da Hora

Febre de amor

Tânia Mara

 

Febre de amor

E vai caindo a noite.
Quase nem dá pra perceber que o vento sopra devagar.
Noite atrás de noite, abro a porta pra você.
E nada entra em seu lugar.

Meu amor, vem cuidar de mim.
Se os sonhos têm razão.
Só assim é possível ser feliz.

(Refrão)
Febre de amor não passa.
Queima por dentro o coração.
Fico sem ar, eu já nem sei.
Se o que é real é ilusão.
Febre de amor não passa.
É como uma noite de verão.
Vou te esperar, quem sabe você
Inventa aparecer

A chuva cai lá fora
Tudo é vazio sem você
O tempo já não quer passar
Meu pensamento vai buscar todas as formas de prazer
Mas nada disso vai mudar

Meu amor, vem cuidar de mim
Se os sonhos têm razão
Só assim é possível ser feliz

(Refrão)

Mistérios são assim
Não tem explicação
A dor que dói em mim
Não tem saída não não

(Refrão)

Anterior Próximo